Abstinência
novembro 10, 2021
Entenda a síndrome de Tourette
novembro 28, 2021

Situação De Risco E Recaida.

LIDANDO COM SITUAÇÕES DE RISCO.

Podemos conceituar prevenção de recaída como um programa de automanejo que tem como objetivo a melhora do estágio de manutenção do processo de mudança de comportamento,
Através do treino de habilidades do comportamento e mudanças no estilo de vida. O objetivo geral do é auxiliar e treinar o indivíduo a prevenir e lidar com o problema da recaída.

Existem situações em que o indivíduo ainda não aprendeu como resolver da melhor maneira o que está acontecendo. E são as mesmas situações que no passado o levavam a usar a droga, na intensão de esquecer o problema ou de adiar sua resolução. Situações em que o sujeito fica na iminência de recair. Assim podemos definir as situações de risco.

Exemplos não faltam: a morte de um parente, uma briga com chefe, uma discussão com a esposa ou com a mãe, a falta de dinheiro para comprar o gás de cozinha, uma desavença com companheiro de tratamento… Todas essas situações poderão desembocar novamente no uso.

É preciso estar preparado. E através do treino de habilidades do comportamento e da mudança no estilo de vida, poderemos ter êxito na manutenção da nossa abstinência.

O primeiro passo é identificar quais são as situações de risco que podem me atingir. Essas situações são extremamente particulares, cada um tem sua lista própria. Precisamos fazer uma análise de si mesmo, lembrando daquilo que nos levou ao uso, detalhando e investigando o que levou ao uso.

Segue abaixo o modelo de um formulário segundo os autores Jungerman e Zanelatto

 

[Encaminhado de Drogas e Dependência Química]
Você pode usar o modelo acima ou fazer o seu próprio modelo.
De posse dessa lista das situações de risco, juntamente daquilo que ocorrer antes, durante e depois, teremos que desenvolver estratégias de enfrentamento ou evitação. Evitação no caso em que o uso era sempre estimulado através do encontro com amigos em um bar, logo, deve-se evitar a participação nesta situação específica.

Já o enfrentamento não quer dizer partir pra luta de maneira impensada e impulsiva. Necessita pensar em como se poderia resolver a situação sem que haja recaída no uso. Essa parte é muito difícil, porém, mais difícil ainda é colocar em prática. Tenha sempre várias maneira diferentes para resolver a situação, pois se um não der certo você terá uma segunda opção…

E sempre, não esqueça das dicas deixadas no texto anterior (LIDANDO COM SITUAÇÕES DE CRISE), que poderão ser usadas também aqui e em outras situações, e que tem por objetivo maior evitar a recaída:
– Tenha uma lista de pessoas amigas e que saibam do seu problema, que possam escutar você e lhe ajudar.
– Tenha uma lista de lugares em que você se sinta seguro e livre de drogas. Exemplo : casa de um amigo, de um parente, uma igreja, uma reunião de AA ou NA, etc.
– Faça uma lista de coisas que lhe dão prazer, satisfação, e que não estejam relacionadas com drogas, para você fazer nestes momentos de recaída iminente. Exemplo : ir nadar no mar, fazer uma corrida, ir para o cinema, etc. Mudar o foco pode ser essencial.

Avatar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *