COMO PROCURAR AJUDA CONTRA AS DROGAS
março 19, 2020
Uso De Bebida Alcoólica e Drogas Na Pandemia
outubro 16, 2021

COMO AJUDAR ALGUÉM QUE TEM PROBLEMAS COM DROGAS

Você possui alguém próximo que está nesta situação, quer ajudá-lo e simplesmente não sabe como?
Bom, se esse for o caso, já sabemos que você se preocupa com a pessoa e quer seu bem, não desanime. A caminhada não será fácil, mas paciência, amor e cuidado irão contribuir de forma consideravelmente positiva. Então fique por dentro de passos que irão te auxiliar nesta luta.

Apoie a pessoa

Não tente julgar suas decisões, apoie a pessoa, esteja ao seu lado quando ela precisar e ouça seus desabafos. Enquanto a pessoa se expressa, ela pode começar a entender seus sentimentos e quais fatores a fazem continuar com a prática.

Seja alguém que a pessoa possa confiar, ter uma relação de respeito e fidelidade é muito importante, só confiando em você que a pessoa estará disposta a receber sua ajuda.

Motive a pessoa

Mostre que está orgulhosa do esforço que a pessoa está mostrando. Diga o quanto respeita e admira suas ações.

Quando a caminhada é difícil, ter alguém que te diga que tudo vai dar certo e que somos capazes é imprescindível.

Mostre empatia

Não será fácil, mas seja capaz de tentar. Coloque- se no lugar da pessoa, trate ela da forma como gostaria de ser tratado. Entenda que todo mundo erra e ninguém gosta de ser condenado por um erro que está tentando consertar.

Mostre sua preocupação

No início a pessoa pode ter dificuldade de aceitar que precisa de ajuda, por isso peça permissão para se envolver e diga que estará lá caso a pessoa precise.

Não seja agressiva, pois isso pode enfurecer a outra pessoa e fazer com que ela se feche para qualquer ajuda que você queira tomar.

Tente argumentar com ela. Tente fazer ela ver com seus olhos, ela precisa perceber por conta própria que precisa de ajuda.

Entre em ação

Uma vez que um laço de confiança foi estabelecido, chegou a hora de entrar em ação.

Estabeleça limites e condições

Mostre que para você ajudar a transição desta pessoa para uma vida normal é necessário que certas condições sejam seguidas como:

– Mostrar preocupação com mudança de comportamento;

– Não emprestar dinheiro para que ela não precise roubar;

– Não sacrificar suas necessidades para ajuda-la de qualquer jeito;

– Não mentir pela pessoa;

– Não continuar querendo ajudar se esta não for a vontade da pessoa;

– Diga que irá ajudar, desde que não tenha que tomar quaisquer ações que ajude a promover seus problemas.

Caso a pessoa dirija, esconda as chaves do transporte para ela que ela não dirija.

Isso deve ser feito, pois além de aumentar as chances da pessoa decair, ter algum tipo de substância ilegal dentro de seu veículo pode ocasionar em uma indesejada prisão. O que só pioraria seu caso.

Faça uma intervenção

Deixando claro que isso deve ser feito quando o estágio estiver agravado, ou se você possui inteira confiança da pessoa para que ela entenda que é preciso.

– Crie uma estratégia, acompanhe seu comportamento e o afaste de qualquer ação que o leve a decair.

– Feito isso sugira um programa de reabilitação, mostre que tudo isso deve ser feito para sua recuperação.

– Esteja presente

– Após a intervenção, quando permitido, visite a pessoa e mostre que está orgulhosa de como ela está enfrentando a situação.

Ajude a pessoa com a volta a uma nova vida

Voltar a ter hábitos saudáveis, pode ser difícil, por isso esteja presente na vida da pessoa. Dar a ela uma calorosa recepção deve ser o ideal. Convidá-la para atividades saudáveis e a trazer para perto de relações saudáveis é imprescindível.

O ser humano está sempre em busca de se sentir parte de algum lugar, portanto mostre que a pessoa é bem aceita e a faça se sentir realmente em casa.

Converse sobre sua experiência

Pergunte sobre como foi o processo e como ela se sente. Entender que a caminhada foi dura trará uma sensação de vitória revigorante, a parabenize por isso.

E por fim, esteja aberto para quando a pessoa futuramente precisar de você. Seja amigo, honesto e principalmente seja firme se a ocasião assim necessitar.

Sabemos que a caminhada não é fácil, mas com força de vontade tudo é possível.

2 Comentários

  1. Avatar JAIRZINHO disse:

    Obrigado pelas informações espero um dia poder ajudar de alguma maneira voluntário

  2. Avatar Marlene de Souza Costa Santos disse:

    Gostaria de ajudar o meu esposo, com tratamento numa clínica, ele está no interior da Bahia e lá não tem, li essas recomendações! gostei mt, relmente não sei como fazer com ele, acho que esse artigo vai me ajudar MT!, Até sai de casa, não aguentando mais, sou uma serva do Senhor Jesus, tenho pedido a Ele pra fazer por mim que não consigo mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *